sexta-feira, 1 de agosto de 2014

Combate à imbecilidade

Tolerância zero a partir de Setembro
Tomar quer fazer STOP ao estacionamento abusivo
Numa iniciativa do Município de Tomar, na sequência das decisões tomadas na última reunião da Comissão Municipal de Protecção Civil, foi feita esta manhã, no centro histórico, uma campanha de sensibilização para evitar o estacionamento abusivo nesta zona da cidade, que frequentemente provoca dificuldades de acesso aos veículos de socorro.
Nesta acção participaram, além da presidente da Câmara, Anabela Freitas, e do presidente da Junta Urbana, Augusto Barros, diversos autarcas e colaboradores do Município que ajudaram na sensibilização, tendo a oportunidade de contactar directamente com alguns dos automobilistas que têm estacionado abusivamente no centro histórico da cidade.
A moradores, comerciantes e transeuntes foram entregues os folhetos que a autarquia preparou para esta campanha e explicado que se pretendeu começar pela sensibilização mas que, a partir do início de Setembro, a PSP vai começar a autuar todos aqueles que se encontrem em transgressão.
O folheto é claro e pretende ir ao centro do problema:
“O socorro em tempo útil pode ser a diferença entre a vida e a morte, entre um pequeno foco de incêndio e uma casa completamente destruída pelo fogo.
Nas ruas estreitas do núcleo histórico da cidade, há carros mal estacionados que impedem o acesso de ambulâncias ou carros de bombeiros em situação de emergência.
Pode ser o seu próprio carro que impeça a passagem de um veículo que o venha socorrer ou à sua família.
Colabore com a segurança das pessoas e dos bens, deixando de estacionar o seu veículo nas zonas interditas. A partir de 1 de Setembro queremos deixar de ter as nossas ruas bloqueadas com veículos e as autoridades passarão a ser muito menos tolerantes. Dê o exemplo e colabora para uma Tomar mais amiga dos cidadãos”.
[N.B. : O título é da minha exclusiva responsabilidade]

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seja frontal mas, por favor, seja correcto!