quinta-feira, 16 de maio de 2013

Relatório da reunião do conselho consultivo do Centro Hospitalar do Médio Tejo

Houve na passada segunda-feira, dia 13 de Maio, o conselho consultivo do CHMT, na sua segunda reunião, Presidido pelo Prof. Queiroz e Melo, a qual contou com a presença do vice-presidente da Câmara, Vereador José Perfeito, o qual elaborou uma pequena súmula do que ali se passou.
 
Instado a se pronunciar sobre qual teria sido a intervenção do representante de Tomar, este na reunião de Câmara que agora se está a realizar, informou que nada foi dito.
 
 
Da informação dada, cumpre destacar:
 
- Redução do numero de consultas e de óbitos na urgência, no último ano; (segundo o Conselho de Administração)
- Aumento da produtividade na cirurgia do ambulatório;  (segundo o Conselho de Administração)
- Baixa qualidade da urgência básica de Tomar;  (segundo o Dr. Gomes Branco, em representação da ARS)
- Ausência de candidatos a 32 vagas abaertas para colocação de médicos, sendo que apenas 12 foram preenchidas; (segundo o Conselho de Administração)(segundo o Conselho de Administração)
- Existem dificuldades quanto à contratação de profissionais de saúde (médicos), que mostrem interesse em prestar serviço no CHMT; (segundo o Diretor Clínico)
- Houve uma melhoria da situação economico-financeira, em 42,4%, nos indicadores de consumo. fornecimento de serviços externos, custos/pessoal e aquisições diversas; (segundo o Conselho de Administração)
- Houve uma redução de 9% das receitas no ano de 2012; segundo o Conselho de Administração)
 
 
O conselho de administração apresentou de seguida o Plano Estratégico e de Reorganização do CHMT, focando-se a atenção:
- numa 1ªfase, de Janeiro a Março, nos serviços assistenciais, já concluída;
- numa 2ªfase, nos serviços de apoio assistencial e geral, em curso;
- numa 3ª fase, serviços assistenciais (estratégia futura), a implementar;
 
Sobre estas fases, o relatório do Sr. Vice-Presidente é omisso sobre as medidas a implementar.
 
Foi ainda informado que se prevê a abertura de um novo Hospital de Dia de Oncologia (6º piso), prevendo-se a contratação de oncologista e por este facto, implementar a consulta de decisão terapêutica multi-disciplinar.

Sem comentários:

Publicar um comentário

Seja frontal mas, por favor, seja correcto!